quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Uma história sobre o mundo



 Ouço os gritos que soam por trás das paredes que (não) me aprisiona. São as vozes que não falam, não sabem, não sentem. Repetem-se por um impulso que lhes pregam. São vozes que imploram palavras só para não perderem-se. Só para não acharem-se. 
 Aqui chegam os gritos que já não importa se são ouvidos. São eles donos das falsas verdades que apoderam-se dos seres, pelos verbos andantes que circulam pelas esquinas. Pelas mídias. Maquiam-se de bondade, vestem-se com disfarces e usam a delicadeza do imperativo que se repete, e repete pelos outros. Outros que não sabem o que são nem o que fazem. 
 Outros que são reféns mas não veem as correntes que prendem seus braços, misturam-se entre os bandidos mas que não importam se forem confundidos, bebem a ignorância mas lamentam-se pelas falhas, ferem-se mas não acusam os culpados, matam-se. 

E depois te tudo, e de todos, agradecem pela morte. 

8 comentários:

Jefferson Prime disse...

Po muito bacana...curti!!!

Guilherme Augusto disse...

Belo texto... parabéns Débora... ;)

Matheuslaville disse...

É esse mundo é caótico de uma forma que não sei como as pessoas aguentam, acho que é pura acomodação. Porem um dia essa acomodação vai explodir e quero quer (e está bem longe) quando isso acontecer! Parabéns pelo texto!

Li Limeira disse...

Somos todos reféns da mídia, das ideologias que está impregnado á nossa volta...belo texto, fiquei encantada, Parabéns!!!!
Caso queira me visitar...te aguardo
http://alternativassonoras.blogspot.com.br/

Léo disse...

Acho que na maioria das vezes nós mesmos nos aprisionamos para cumprir certas expectativas dos que estão ao nosso redor que, no final, não sabemos nem mesmo se existem.
Um abraço.

kaike Honorato. disse...

que legal , muito interessante a sua visão de mundo !

seguindo desde já

http://pensamentoscontextualizados.blogspot.com.br/

Llu Cherry Bomb disse...

Muito legal, o texto!!

Bjks!

http://un-necessary.blogspot.com.br/

Edu disse...

Nesse tempo em que todo mundo fala e não diz nada, onde todos são peritos, e um simples elogio está fora de moda, o melhor e ficar um pouco surdo e escutar apenas os nossos pensamentos!!

Geralmente não curto esse tipo de texto, mas eu gostei deste!

http://putariacarioca.wordpress.com/

Postar um comentário

 
;